Terceira Guerra Mundial pode ser causada pelo Estado Islâmico

0
(0)

Em setembro, uma notícia passou quase despercebida pela grande mídia: a Al-Qaeda declarou guerra ao Estado Islâmico. A organização terrorista fundada por Osama Bin Laden e hoje liderada por Ayman al-Zawahiri acusou os soldados do EI de ‘insubordinação’.
Para a Al Qaeda o movimento jihadista que
nasceu dentro dela, é um movimento ilegítimo. A mensagem divulgada por Zawahiri é clara: “Al-Baghdadi e os seus irmãos não nos deixam outra opção, pois exigiram que todos os guerrilheiros renunciassem às alianças e jurassem aliança ao que dizem ser um califado”, segundo o jornal Mirror.
Não bastasse um grupo islâmico declarando guerra ao outro, agora o rei Abdullah II da Jordânia declara que o Estado Islâmico desencadeou uma nova guerra mundial. Dirigindo-se a outros líderes muçulmanos, afirmou esta semana em uma coletiva de imprensa: “Estamos diante de uma terceira guerra mundial contra a humanidade, e isso nos une”.
Seu argumento é que as maiores vítimas do EI são os próprios muçulmanos. “Esta é uma guerra, como já disse repetidamente, dentro do islã. Grupos como Daesh [nome árabe do EI] se mostram diariamente como sacrilégios sem lei, desprovidos de humanidade”.
A Jordânia faz parte da coalizão liderada pelos Estados Unidos, Reino Unido e França que ataca posições do EI na Síria e Iraque. Curiosamente, esta semana, o presidente francês François Hollande, disse novamente que “a França está em guerra” e que o Estado Islâmico “é uma ameaça ao mundo inteiro”.
No ano passado, Vladimir Putin fez um discurso parecido, mas acusando os Estados Unidos de promover o terrorismo ao financiar grupos extremistas no Oriente Médio. A OTAN, aliada dos EUA na Europa, tem dado sinais que as ações na Rússia não são vistas com bons olhos e que possuem potencial para “começar uma guerra”.  Além de fomentar o conflito na Ucrânia, tem unido forças com o Irã e a China em incursões militares.
Enquanto líderes mundiais e os antigos aliados do EI falam em se unir, o sociólogo argentino-americano Carlos Alberto Torres, faz uma análise sombria: “a terceira grande guerra mundial deve surgir nos próximos anos a partir de conflitos no Oriente Médio, provavelmente incitados por grupos terroristas como o ISIS, Boko Haram e Shabat… Há leituras islâmicas que apontam que essa confrontação está se dando entre o mal e o bem. O bem é o Islã e o mal é o ocidente”.

Gospel Prime

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Paulo Gustavo Corrêa

Paulo Gustavo

Estudante de jornalismo. E Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!

Mostre o que achou sobre esse post publicando seu comentário

%d blogueiros gostam disto: