Jornalista do SBT é agredido durante cobertura de ocupação da UERJ

Um dos principais jornalistas do SBT Rio, onde atua como repórter e apresentador eventual, Daniel Penna-Firme passou por momentos difíceis enquanto trabalhava na manhã desta quarta-feira (2).
Daniel foi cobrir o segundo dia de ocupação do Campus de Maracanã da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde cerca de 300 estudantes estão para reivindicarem o pagamento de bolsas atrasadas aos cotistas, assim como o salário de funcionários e terceirizados. Enquanto fazia uma reportagem, ele foi agredido verbalmente e fisicamente, segundo relatou em seu Facebook pessoal.


“Acabo de ser agredido fisicamente por um aluno da UERJ enquanto fazia o meu trabalho cobrindo a ocupação do campus. Tudo porque nossa equipe gravava uma reportagem sobre a falência do estado, tendo como mote a mobilização dos alunos, que tomaram para si as dores dos funcionários sem salário. Foi uma agressão leve, mesmo assim, trata-se de um fato lamentável, que coloca em xeque a credibilidade de um movimento movido por uma causa tão nobre. Fui chamado gratuitamente de safado, vendido, fascista, porco e outros adjetivos muito comuns na boca de certos ‘militantes’ quando se referem ao nosso trabalho”, afirmou Penna-Firme.
Essa não é a primeira vez que o repórter passa por situação do gênero. Em março de 2013, durante a retirada dos índios da Aldeia Maracanã, na mesma região da Universidade, ele foi agredido por um policial enquanto estava no ar.

Daniel Penna-Firme faz reportagens para o SBT Rio e também é apresentador eventual dos telejornais locais da emissora, geralmente o “SBT Rio Manhã”.

Natelinha

146 total views, 2 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Paulo Gustavo

24 anos, solitário que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e site sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. Bom, bem vindo (a)!😙😙😙😊

Deixe uma resposta