Roberto Justus e esposa terão programa na Record

 
Contratado no final do ano passado pela Record, César Filho havia recebido o projeto de comandar um reality show na emissora, além do “Hoje em Dia”.

Com o nome de “Power Couple“, porém, o projeto não saiu do papel neste ano. Mas deverá ser realizado em 2016. Com informações do colunista Flávio Ricco.

O reality é um formato da Sony, no qual dez casais, entre anônimos e famosos, ficam confinados em uma casa com o intuito de testar o amor que um tem pelo outro e mostrar que ambos são capazes de enfrentar qualquer desasfio pela pessoa que amam.
A apresentação seria de César Filho e sua mulher, Elaine Mickely, que foi procurada enquanto ainda gravava a novela “Império”, da Globo.

Com o adiamento, agora o casal apresentador deverá mudar. O “Power Couple” será apresentador por Roberto Justus, provavelmente ao lado de sua esposa Ana Paula Siebert.

A produção será da Floresta, com direção de Rodrigo Carelli, o mesmo de “A Fazenda”.

Não há previsão de estreia.

Com informações do Natelinha

988 total views, 3 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Paulo Gustavo

Estudante de jornalismo. E Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!