Homem que assumiu ser gay agora diz ser um cavalo

Um documentário de 63 minutos feito na França está rendendo um amplo debate sobre a questão da “identidade de gênero”. O vídeo abaixo trata de um individuo de nome Karen, de 50 anos de idade, que costumava ser um professor do sexo masculino que optou mais tarde em “tornar-se”um mulher e que hoje   se sente como um cavalo. Karen diz que encontrou a sua verdadeira identidade, e que agora deseja participar dos campeonatos de ‘pony-play’, onde pessoas como ele, se transformam em cavalos para uma competição bem peculiar. (Veja o vídeo abaixo).

Nota do BLOG

Caro leitor, há pouco eu vii no blog de Renato Vargens o seguinte comentário: tem nas redes sociais uma brincadeira em que uma nota de R$ 2,00, amanheceu com a sensação de que era uma nota de R$ 100,00 e que em virtude achava que podia comprar muito mais coisas do que a sua capacidade. É claro que a piada é uma critica a ideologia de gênero que tenta incutir da cabeça da sociedade que o individuo nasce sem sexo definido e que ele é o que desejar ser.

Pois bem, a história do homem, que “virou” mulher e que agora pensa que é um cavalo é a prova cabal que o relativismo é a mãe de todas as aberrações existentes em nosso tempo.

E sabe qual é o pior disso tudo? É que existem pessoas que vão dizer: ” Ora, se ele pensa ser um cavalo, deixe-o ser, vai ver que é mesmo.”

872 total views, 3 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Paulo Gustavo

Estudante de jornalismo. E Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!😙😙😙😊