Carro da Globo é atacado por torcedores

Mesmo sem o logotipo da Globo, torcedores palmeirenses reconheceram o carro que levava o narrador Cleber Machado na noite de quarta-feira (2) ao Allianz Parque (zona oeste da capital) e o atacaram na chegada ao estádio, local da decisão da Copa do Brasil.
Segundo relatos de pessoas que viram a cena, o pânico foi grande e por pouco não conseguiram virar o carro da TV.
Após escapar do susto, o narrador precisou se dirigir às pressas até os estúdios da emissora em São Paulo, na zona sul, para de lá narrar a final da Copa do Brasil, ao lado dos comentaristas Walter Casagrande e Caio Ribeiro.
O repórter Mauro Naves foi quem fez a entrada ao vivo no Jornal Nacional falando direto da arena palmeirense. Em situação normal quem entra é o narrador do jogo.
REVOLTA NA TV
Durante o programa Redação Sportv desta quinta-feira (3), o chefe de reportagem do canal, Fábio Seixas, deu mais detalhes sobre a confusão.
“O Cleber Machado, o Caio e o Casagrande estavam indo para transmitir a partida e eles foram impedidos de fazer a transmissão do estádio. Tiveram que voltar e fizeram da sede da TV Globo, o que é lamentável. Torcedores cercaram o carro. São três profissionais indo trabalhar, com toda a imparcialidade que eles têm, uma marca desses três personagens, e foram impedidos”, disse Seixas.
“Se coloca uma estrutura de concreto e enche de bandidos, vai ter confusão. Se pega e enche de família, vai ter um clima bacana. Ontem, tinha um clima muito legal dentro do estádio, mas pelos relatos num todo. É claro que é uma minoria, mas que causa transtornos. Não houve briga de torcidas, o que é muito legal, mas ainda há alguns idiotas no entorno do estádio que causam esse tipo de confusão”, completou.
Fonte: Uol

244 total views, 3 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Paulo Gustavo

Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!😙😙😙😊