“CQC” ficará fora do ar

Em baixa no Ibope, com médias inferiores a 2,5 pontos, o CQC ficará fora do ar em 2016. Em comunicado oficial distribuído nesta quarta (9), a Band informa que o programa voltará ao ar em 2017, após um “ano sabático” para descansar a imagem. Quase todo o elenco será dispensado. Apenas Dan Stulbach, principal apresentador, será mantido contratado pela emissora. Mas ele se dedicará a um novo projeto.
Formato argentino da Eyeworks, CQC está no ar desde 2008 e fechará 2015 com 339 edições. Em seus melhores dias, quando era liderado por Marcelo Tas, o programa semanal que mistura humor com jornalismo chegou a ter mais de 5 pontos na Grande São Paulo. No final do ano passado, a atração passou por uma grande renovação, com a troca de repórteres e a susbtituição de Tas por Stulbach. As mudanças, no entanto, não deram certo.
Na nota distribuída à imprensa, a Band trata 2016 como um “ano sabático” para o formato. “O intervalo entre as temporadas será estendido para que tenhamos tempo de voltar com mais força em 2017”, afirma no comunicado Diego Guebel, criador do formato e diretor-geral de conteúdo da Band. Por intervalo “estendido”, Guebel se refere ao fato de o programa, normalmente, parar entre janeiro e março. Agora irá parar durante mais de um ano.
Stulbach irá se dedicar em 2016 ao projeto História Não Escrita, que irá dramatizar e recriar em computação gráfica grandes momentos da história brasileira. Também adaptada de formato argentino, a produção da Eyeworks terá curadoria da historiadora Lilia Schwarcz.
Ainda não está definido o programa que ocupará o lugar do CQC na grade. O mais provável é que A Liga fique com a vaga durante boa parte do ano que vem.

Notícias da TV

Também, o programa passa muito tarde e tem outros apresentadores. O telespectadores estranham.

143 total views, 3 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Paulo Gustavo

Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!😙😙😙😊