Mesmo em crise, TV Cultura fechará 2015 no azul

 
Não é segredo que a TV Cultura, assim como todo o país, passa por uma crise econômica muito grave.

 

A emissora teve mais de 50 demissões em julho e artistas aderirem à campanha “Eu Quero a Cultura Viva”, que criticava a crise no canal e o fim de programas.
 
A Fundação Padre Anchieta recebeu quase R$ 90 milhões do governo do Estado em 2015, aproximadamente R$ 22 milhões a menos que o ano passado. 

 

Em entrevista à Folha de S. Paulo, no entanto, o presidente da fundação que mantém o canal, Marcos Mendonça, disse que a Cultura fechará o ano no azul “apesar de toda a perspectiva de termos um ano muito ruim”. Além disso, a instituição teve que conter gastos por ordem do governo de São Paulo. 

 

“Como fizemos otimização dos recursos, racionalização dos trabalhos e um planejamento mais adequeado, conseguimos dominuir custos de produção”, diz Mendonça, que minimiza a suspensão de duas atrações.

 

“Foi consequência de falecimento das pessoas que eram personagens dos programas”, esclarece ele em relação à Inezita Barrosa e Antônio Abujamra.

 

139 total views, 10 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Paulo Gustavo

24 anos, solitário que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e site sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. Bom, bem vindo (a)!😙😙😙😊

Deixe uma resposta