Seminarista americano planejava estuprar bebê

Seminarista foi preso e responderá por 2 crimes

A polícia de Ohio (EUA) prendeu na semana passada o seminarista católico Joel Wright (foto), 23, sob a acusação de que estava planejando viagem à Tijuana (México) com o propósito de estuprar um bebê de um ano e uma menina de quatro, em um hotel.

Em novembro de 2015, Wright postou um anúncio para adoção de crianças naquela cidade mexicana, levantando suspeitas de autoridades que combatem a pedofilia.
Passando-se por guia de turismo, um policial respondeu ao anúncio, mantendo contato por e-mail com o seminarista.

De acordo com a polícia, Wright acabou admitindo ao falso guia que pretendia “adotar ou possuir” uma criança com menos de três anos para ter relações sexuais com ela e filmar tudo.

Ao investigar o seminarista, a polícia descobriu que em julho de 2014 ele já tinha tentado adotar uma criança para abusar dela.

Com essa informação, a polícia decidiu prender o seminarista. O falso guia de turismo combinou encontrá-lo em San Diego, em cujo aeroporto Wright foi preso. Ele estava com US$ 2.000 e em sua bagagem havia roupas de bebê.

O seminarista já tinha comprado passagem de avião para a viagem ao México.

Ele nasceu com glaucoma. Em 2010, ganhou um prêmio por seu trabalho voluntário de conscientização sobre a doença.

Estudava para ser padre no Colégio Pontifício Josephinum, em Columbus, Ohio. O colégio o expulsou.

Com informação das agências e foto de divulgação.

293 total views, 3 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Paulo Gustavo

Estudante de jornalismo. E Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!😙😙😙😊