Como Gugu encarava a religião

5
(2)

Como todos nós já sabemos o que aconteceu com um dos apresentadores mais queridos da TV brasileira agora é hora de saber como que ele e sua esposa encaravam a religião.

Segundo o site O TV FOCO o Pastor de Rose di Matteo fala sobre a situação da viúva de Gugu Liberato após a morte do companheiro com quem teve três filhos.

O pastor Lécio Dornas conversou sobre a situação que Rose di Matteo viveu nos últimos dias. Ele é responsável pela comunidade onde a esposa de Gugu liberato frequenta, Gugu morreu num acidente doméstico no Estados Unidos.

O pastor afirma que a esposa frequenta a comunidade de forma assídua “e as crianças vão de vez ou outra”, disse ao site Quem.

Lécio disse que conheceu Rose há pouco tempo, quando ela passou a participar dos cultos há três anos. “Ela mostrou profundo interesse na mensagem e na palavra de Deus, em aprender mais das escrituras. E aí começou um relacionamento de pastor com ela, orientando-a, discipulando-a”, contou. O pastor ainda revelou que Gugu não ia à igreja com a esposa, visto que era católico praticante “Ele era muito respeitoso, mas preferia não frequentar. Ele era cristão, temente a Deus e estava sempre disposto a ouvir a palavra”, falou.

2,976 total views, 3 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

(Visited 376 times, 1 visits today)

Paulo Gustavo

Estudante de jornalismo. E Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!