O humor sem graça do Porta dos Fundos é apenas para atacar

0
(0)

Muito se fala em liberdade de imprensa e liberdade religiosa, no entanto é feito alguns abusos em nome da liberdade de expressão.

O Especial de Natal da Netflix onde tinha um Jesus gay feito pelo grupo Porta dos Fundos foi um tremendo show de horror. E é onde se entra o pensamento de deixar ou não o humor ser livre, livre ao ponto de ferrar com a religião de milhões de pessoas em todo Brasil.

Todo mundo sabe que o Porta dos Fundos é feito por um bando de ateus infelizes com a vida pelo fato de existir religião. Mas o que está em show nesse caso não é se o humor vale tudo, essa não é uma questão se o tudo no humor e permitido ou não. O que está por trás disso é a religião e política.

Todos sabem que um dos integrantes do Porta dos Fundos, o Gregorio Duvivier é um ateu de esquerda e que odeia veementemente a direita brasileira. O humor dele é negro simplesmente para ser um ataque contra a religião. É nada raro encontrar vídeos de Duvivier na internet condenando e xingando o ex-juiz federal Sergio Moro por ser este o responsável por condenar o ex-presidente Lula para a cadeia. 

No vídeo para uma pequena plateia é possível ver Gregório Duvivier atacando o então juiz de voz fina. 

Duvivier odeia o cristianismo e tudo aquilo que liga a direita com o que conhecemos como fe. É um ateu pronto para atacar aqueles que buscam por paz.

É reprimível que esses ataques contra a fé seja aceito ainda hoje. É possível ter várias formas de humor para fazer os outros rirem sem precisar atacar a fé do próximo. 

3,168 total views, 12 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Average rating 0 / 5. Vote count: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

(Visited 366 times, 1 visits today)

Você perdeu?