Enquanto era Católico Brasil não tinha debates sobre Estado laico

O país enquanto era mais vezes Católico do que é hoje não tinha debate sobre o Estado laico

 353 total views

0
(0)

Evangélico, ele lembrou, em entrevista ao UOL, que enquanto o país foi “terrivelmente católico” não havia “profundos debates” sobre Estado laico.

Ele comentava sobre um debate na PUC-SP que discutia o avanço dos cristãos na política e questionava um suposto projeto de poder das igrejas evangélicas.

“Grupos ou pessoas de maneira isolada têm sim projeto de poder. E acho que, nesse caso, não é possível tecer juízo de valor de maneira inespecífica. Qualquer grupo, partido, instituição ou pessoa pode ter um projeto para o país, com ou sem propósito de poder”, ponderou.

Para o ex-deputado, “existe preconceito contra religião” e ele é mais acentuado contra evangélicos pentecostais. Ele lembrou que as igrejas são frequentadas majoritariamente por pobres, mulheres e negros e que uma “elite rica, branca e masculina” nunca percebeu, incluindo a “imprensa, academia e partidos”.

“Não me envergonho do Evangelho, mas tenho muita vergonha dos que ‘falam em nome de Deus’, instrumentalizando politicamente o Evangelho de acordo com seus interesses partidários”, completou.

Gospel Prime

 354 total views,  1 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Average rating 0 / 5. Vote count: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

(Visited 10 times, 1 visits today)

Paulo Gustavo

Estudante de jornalismo. E Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!

Next Post

Conservadorismo X O suicídio político Bolsonaro segundo Olavo de Carvalho

sex mar 20 , 2020
Um dos grandes pensadores do país, Olavo de Carvalho, está sem entender a postura do presidente.