5
(1)

O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir, ainda nesta segunda-feira (6), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A decisão foi tomada em meio à crise do novo coronavírus que tem se alastrado por todo o país. As informações são do O Globo. 

O ato oficial de exoneração está sendo preparado na tarde de hoje no Palácio do Planalto. Ao que tudo indica, o documento será publicado em edição extra do Diário Oficial da União, após uma reunião marcada com todos os ministros às 17h desta segunda-feira. 

O nome cotado para substituir Mandetta é Osmar Terra, ex-ministro da Cidadania. Ele participou de um almoco com Bolsonaro e outros quatro ministros nesta segunda. 

A decisão foi tomada após uma série de críticas do presidente à atuação do ministro no enfrentamento ao coronavírus. Na última quinta-feira (2), Mandetta foi acusado por Bolsonaro de falta de humildade. Na ocasião, ele contrariou o presidente ao defender o isolamento e distanciamento social como forma de evitar a disseminação da Covid-19. 

Sem citar nomes e já deixando suspeitas da decisão que tomaria hoje, Bolsonaro declarou, no último domingo (5), que “algumas pessoas” do seu governo ‘de repente viraram estrelas e falam pelos cotovelos”. Ele ainda disse que não teria medo nem “pavor” de usar a caneta contra essas pessoas. 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Mostre o que achou sobre esse post publicando seu comentário