0
(0)

O hospital do plano de saúde especializado em idosos Prevent Senior, no início do novo coronavírus perdeus alguns de seus pacientes e também foi o primeiro a identificar várias mortes. No final de março, 58% dos falecimentos por Covid-19 era registrada no local, que após denúncias não confirmadas, passou a ser investigado por suspeita de ter casos da nova enfermidade.

Para mudar o cenário, que também teve dois de seus médicos infectados, o hospital alterou o protocolo de atendimento, que se transformou em um estudo, não revisado por pares, que será publicado no medRxiv, um site de artigos médicos. Segundo o médico responsável pelo estudo, Rodrigo Barbosa Esper, a utilização precoce de Hidroxicloroquina (400 mg duas vezes ao dia por sete dias) com Azimtromicina (500 mg uma vez ao dia por cinco dias) em pacientes com quadro clínico de Covid-19 diminuiu 65% o número de internações.

O estudo avaliou a evolução da doença em 636 pacientes. Após verificar os primeiros sintomas, o hospital sugeriu o tratamento com Hidroxicloroquina associada à Azitromocina. Do total, 442 (64,7%) autorizaram a prescrição dos medicamentos. Os 224 restantes preferiram tomar as substâncias.

Dos 412 pacientes que utilizaram os remédios recomendados, 1,9% precisaram ser internados. Já no grupo dos 224 pacientes que não quiseram tomar a Hidroxicloquina associada a Azitromicina, 5,4% tiveram de ser hospitalizados.

Com informações do Gazeta do Povo

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Mostre o que achou sobre esse post publicando seu comentário