Governador do Pará Helder Barbalho diz que doará três meses do salário ao combate do coronavírus

5
(1)

Notícia divulgada na imprensa paraense como no Oliberal, que o Helder Barbalho, governador do Pará, anunciou, na tarde desta quarta-feira (22), pelas suas redes sociais, que vai doar, a partir deste mês de abril, três meses do seu salário de governador para o fundo de combate ao novo coronavírus no Pará.

Segundo Helder, o valor total é de R$ 67.148,19. “Espero que esta pequena atitude estimule outros Poderes a se juntarem a mim neste momento”, escreveu.Helder Barbalho@helderbarbalho

Decidi que vou doar, a partir deste mês, três meses do meu salário de governador para o fundo de combate ao novo coronavírus no Pará. O valor total é de R$ 67.148,19. Espero que esta pequena atitude estimule outros Poderes a se juntarem a mim neste momento.7,769Twitter Ads info and privacy1,673 people are talking about this

Disse o governador que é acusado pela delação da Odebrecht de ter recebido R$ 1,4 milhão na campanha de 2014.

 438 total views,  3 views today

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

(Visited 145 times, 1 visits today)

Paulo Gustavo

Estudante de jornalismo. E Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!