Praia turística de Salinas no Pará, chama atenção pela quantidade de banhistas em meio a pandemia

0
(0)

O Estado do Pará é um dos do Brasil que já passou do seu pico da doença do coronavírus, mas mesmo assim o número de pessoas no mesmo espaço preocupa outros da população local.

A fiscalização da cidade disse o seguinte sobre riscos de acidente de transito acontecer apesar do risco também da pandemia: “Apesar do momento único que estamos vivendo, devido à pandemia, não podemos esquecer do nosso compromisso com a sociedade acerca da prevenção de acidentes. Por isso, abordamos com os motoristas todas essas questões que trazem risco à segurança nas vias”, diz a coordenadora de Educação do Detran, Isabella Mesquita. 

Veja as fotos:

A fiscalização nas estradas também alerta para cuidados com a manutenção e revisão do veículo: pneus, freios, para-brisas, limpador de para-brisa e os faróis em condições de trafegabilidade são observados. “Nas rodovias, motoristas devem lembrar de manter uma distância maior do carro da frente. E uma dica fundamental é dispensar o uso de celular, comidas e demais fatores de distração”, diz o diretor técnico-operacional do Detran, Bento Gouveia.

Algumas pessoas dizem que os banhistas são loucos por se aglomerarem, mas não estão em aglomeração, bom, é o que a fiscalização pretende evitar.

As imagens são de Igor Mota do Oliberal

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Paulo Gustavo Corrêa

Paulo Gustavo

Estudante de jornalismo. E Focado nos assuntos curiosos em debates na sociedade. Reflexões são para serem reflexivas e com ar de seriedade. Atualmente estou com 24 anos e solitário, que passa maior parte do tempo lendo coisas do meu interesse e essas coisas significa livros de história, ficção e sites. Sou viciado no YouTube. Para ser mais intenso, sou portador de uma condição de nome Van der Woude, mais popularmente conhecida como Lábio Leporino. Já fiz mais de 11 cirurgias e todas até agora foi na parte da face. Provavelmente farei mais. Quero fazer da minha vida uma experiência inesquecível. Ainda não desistir de fato, não gosto de perder, essa a razão de ainda está aqui. É preciso um dia perder para ter sede de ganhar. Bom, bem vindo (a)!

Mostre o que achou sobre esse post publicando seu comentário

%d blogueiros gostam disto: