0
(0)

Segundo o jornalista paraense, Ronaldo Brasiliense, que é considerado o jornalista do Estado que mais ganhou prêmio de jornalismo, diz em seu site pessoal Portal da Amazônia, que o hospital de Altamira, que o governador do Pará, Helder Barbalho eleito pelo (MDB), prometeu não sai do papel.

O jornalista afirma que mesmo “Depois de ser vaiado pelos funcionários do hospital regional de Tucuruí e pela população de Itaituba na inauguração de 30 por cento das instalações do hospital regional do Tapajós, o governador Helder Barbalho (MDB) se prepara para novos apuros, desta vez em Altamira, na Transamazônica, sudeste paraense. A inauguração do hospital de Altamira transformou-se em novela mexicana, um dramalhão sem fim. Helder Barbalho firmou convênio com o prefeito Domingos Juvenil, seu velho aliado, mas já se passaram dois meses e o hospital de campanha não sai do papel, sem os equipamentos necessários para que possa receber os pacientes Infectados pelo novo coronavirus em Altamira e de outros cinco municípios do Vale do Xingu.”

Segundo a informação de Ronaldo Brasiliense, o hospital da região de Altamira esta em colapso, “Enquanto o hospital não funciona e o sistema hospitalar de Altamira entra em colapso, multiplicam-se os casos da Covid 19 na região, e os óbitos.Por essas e outras – e pelo conjunto da obra – Helder Barbalho corre o sério risco de levar uma nova vaia em inauguração de hospital de campanha, desta vez em Altamira.”

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Mostre o que achou sobre esse post publicando seu comentário