0
(0)

As coisas estão mais apertadas para a deputada Flordelis (PSD, RJ), pois o ministério Publico pediu para a Justiça que a deputada passe a usar tornozeleira eletrônica.

Denunciada sob a acusação de ter sido a mandante do assassinato do próprio marido, seja monitorada com o auxílio de tornozeleira eletrônica. Ela só não foi presa pela suposta ligação com a morte do pastor Anderson do Carmo, morto a tiros em junho de 2019, porque tem imunidade parlamentar.

Explicando o motivo o orgão explicou no pedido, feito na última sexta-feira (11), a dificuldade da Corregedoria da Câmara para localizá-la após duas tentativas e o atentado a bomba denunciado por uma testemunha do crime, que ocorreu na madrugada de 4 de setembro. Segundo o MP-RJ, a liberdade plena de Flordelis causa intranquilidade em todas as testemunhas ouvidas no caso.

O promotor Carlos Gustavo Coelho de Andrade encaminhou o documento à 3ª Vara Criminal de Niterói solicitando, ainda, o afastamento da parlamentar do seu cargo e que ela cumpra o recolhimento domiciliar noturno, das 23h às 6h. Procurada, a defesa de Flordelis informou que não vai se manifestar.

O MP-RJ citou as tentativas de localização do paradeiro da parlamentar para que ela fosse notificada pela Câmara dos Deputados ao embasar o receio da Promotoria de que ela possa ter contato com testemunhas — o que é proibido.

BOMBA É CITADA:

O documento também incluiu o depoimento prestado ao MP-RJ na última quinta-feira (10) pela empresária Regiane Ramos Cupti Rabello, que disse ter sido vítima de um atentado a bomba —segundo ela, o artefato explosivo foi jogado em frente ao seu imóvel. “A testemunha (…) se sente insegura e com medo, ainda mais diante da liberdade da ré Flordelis”, disse o MP.

Em depoimento, a empresária disse acreditar que o ataque pode ter sido orquestrado para intimidá-la, já que ela possui relação de proximidade com Lucas dos Santos, filho adotivo de Flordelis preso por supostamente ter obtido a arma usada para para matar o pastor Anderson — Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico da deputada e também preso, é acusado de ser o autor dos disparos.

Fonte

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Mostre o que achou sobre esse post publicando seu comentário