0
(0)

Nesta quarta-feira (16), a Justiça do Rio de Janeiro negou um recurso apresenta pela TV Globo para poder exibir documentos referentes às investigações de um suposto esquema de rachadinhas envolvendo o senador Flávio Bolsonaro. A decisão é do desembargador Fábio Dutra, da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do do Rio de Janeiro. A informação foi dada pela coluna Radar, da Revista Veja.

O esquema teria ocorrido na gabinete de Flavio quando exercia o cargo de deputado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Outros parlamentares também são investigados.

Ao negar o pedido da Globo, o magistrado afirmou que “iante do que dispõe o estatuto processual e considerando que a decisão ora guerreada não importou em censura ao que foi publicado pela ora Agravante, não é possível verificar, neste momento, o risco de sua irreversibilidade a justificar o deferimento do efeito suspensivo pretendido”.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Mostre o que achou sobre esse post publicando seu comentário